Animação

Artigo: Uma história de amor entre o carinho e o Studio Ghibli

Studio Chibli, como vocês sabem, tem um certo cuidado ao produzir seus filmes, visando sempre o lado adulto e complicado de ser jovem/criança. Nos ensinando de formas diferentes de ver que as cosias podem ser resolvidas de uma forma possível apesar de ser uma animação.

O Studio não tem em comum apenas seus personagens (que aprecem ser reciclados de um filme para o outro), mas o carinho entre todos eles. Por mais que a história seja uma aventura, sempre terá essa ligação entre o carinho e a realidade, mostrando sempre que é possível sim, você curar algo ou alguém com atenção, amor e persistência.

Todas as histórias falam praticamente a mesma coisa, mas usando personalidades diferentes. Temos o exemplo de Marine, um dos filmes mais recentes, que fala sobre a dificuldade de uma menina de 12 anos com depressão e asma.

As animações mostram todo esse carinho através das mãos e do olhar. Principalmente das mãos. Por mais inocente que seja a cena, você pode perceber que há uma ternura reciproca ali. Notei isso depois de assistir a maioria dos filmes do Studio, pois sempre me senti bem e abraçada por alguém que amo quando assisto as animações.

O cuidado e a atenção aos detalhes que você não dá no seu dia a dia, te fazem lembrar que isso é o que falta para fazer quem e o que você precisa, estar mais perto de você.

Eles tocam na ferida que vai estar sempre aberta: A Saudade. E olha… Eles fazem isso muito bem. Tão bem que, quando você passa a prestar atenção de verdade nos seus filmes, mesmo assistindo pela décima vez, você se emociona. Você se apega a cada detalhe novo que e apresentado a você no mesmo filme.

A cada novo anuncio de uma nova animação você vibra, porque sabe que vem amor por ai. Você sabe que vai chorar, mesmo não curtindo muito o filme, porque em algum momento ele vai mexer com o seu lado emocional mais frágil: Nostalgia.

Sobre o Autor

Susu Oliveira
Fotógrafa, videomaker e dou uma de crítico de cinema achando que to abafando. www.maxwelenoliveira.com.br

Deixe seu comentário


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *