Crítica: Tarzan: A Evolução da Lenda (2014)

tarzan-poster-ita-02

Lançamento: 2014

Direção: Reinhard Klooss

Produção: Reinhard Klooss, Robert Kulzer

Roteiro: Reinhard Klooss, Jessica Postigo, Yoni Brenner

Musica: David Newman

Elenco: Kellan Lutz, Spencer Locke, Anton Zetterholm, Jaime Ray Newman… 

Sinopse: Tarzan e Jane Porter precisam enfrentar um exército enviado pelo CEO da Greystoke Energies, o homem que assumiu a empresa depois que os pais de Tarzan morrem em um acidente de helicóptero. Tarzan( J.J. Greystoke ) é encontrado por uma gorila que adota o menino .Kala perdeu seu filhote recentemente o qual caiu de um penhasco . O menino cresce na selva e curiosamente ignora a presença do pai de Jane , funcionário dos pais que vive na floresta em busca de um meteoro que se chocou com a terra naquela região. 

Crítica:


Uma versão moderna e evolutiva de Tarzan. Uma beleza de cenário em um nível maravilhoso que contrasta intensamente com a simplicidade da qualidade de traço e forma de animação dos personagens, mas dá pra se entender que a própria selva é um dos personagens mais importantes. O núcleo humano do filme é tão natural e com um tom tão verdadeiro que vai muito além de muitas animações por ai, mesmo demonstrando ainda uma visão beta do que ainda está por vir no que se trata animação, mas tão bem feito quanto! O conceito animal é incrível no que se trata de naturalidade de anatomia e interpretação por traço.

tarzan-gorilla-film-vert

É uma versão fantasiosa, é claro, mas um pouco mais “lógica” do que o longa lançado pela Disney. Trocamos a cabana e o navio pelo helicóptero e também de motivação. Clayton dessa vez tem outro interesse que não envolve tráfico de animal e sim um mistério sobre um meteoro. Mesmo assim muitos elementos do filme remetem com sutileza o clássico da Disney e a interpretação dos atores deixa um ar mais ingênuo para o filme, o que garante a marcante natureza de Tarzan, forte, corajoso, mas ainda incerto de como é o mundo real. 

tarzan-2013-01

A trama do filme acompanha muito bem a modernidade passada durante o filme. Diferente das adaptações antigas, desde a de 99 até a recente estreada no cinema “The Legend Of Tarzan”, Alexander Skarsgård e Margot Robbie (Confira a crítica AQUI), Tarzan está longe de ser um completo adulto aqui, Jane também está saindo da adolescencia, e enfrenta muito bem os perigos da selva e da ganância mostrada por Clayton. Fora que, o interessante é o chamado para a preservação ambiental que o filme carrega. Não foi um filme bem visto pela crítica, mas para conceitos de animação e também como filme infantil, consegue ser uma boa pedida. A outra coisa boa, a trilha sonora! De Coldplay a Placebo, traz um clima bem inspirador.