cinema

CRÍTICA: GRINGO| VIVO OU MORTO : Uma boa comédia!

É muito surpreendente assistir Gringo: Vivo Ou Morto e ter um panorama crítico porque é um daqueles filmes que eu não vi ninguém pensando que fosse algo realmente incrível, nem eu poderia ver alguém odiando-o. É uma comédia criminal relativamente inofensiva, mas que me fez rir bastante, com um enredo que decide correr em uma direção diferente a cada vez que eu pensava que poderia seguir por um caminho clichê. 
Críticas de que seu elenco é talvez super-qualificado para esse tipo de coisa são verdadeiras até certo ponto, eu direi isso. Amanda Seyfried é divertida, mas pouco utilizada e Thandie Newton, como esposa infiel de David Oyelowo, não ganha praticamente nada para trabalhar. Mas todo mundo é tão bom aqui que não vejo por que alguém reclamaria de ter um elenco tão estelar, porque é outro material de elevação de elenco para algo diferente e relativamente fresco. 
Como comédia, achei que tinha muitos momentos memoráveis. Fiquei frustrada com o fato de que não conseguir ouvir Oyelowo terminar sua apresentação perfeita de Gettin ‘Jiggy Wit It, mas foi um claro momento de 5 estrelas, assim como suas tentativas bêbadas de falar espanhol com os sequestradores.  Então Sharlto Copley aparece como assistente de emergência que também é um mercenário assassino e a comédia aumenta um pouco mais. Parece que o garoto finalmente me conquistou, mais uma vez ele consegue atingir o nível de comédia aqui.  
O verdadeiro destaque da comédia, porém, foi provavelmente Oyelowo fazendo seu próprio sequestro em uma ligação para Joel Edgerton. Foi nesse momento que eu estava completamente convencida de que estávamos assistindo a um talentoso ator principal e não apenas a um personagem construído. Oyelowo não decepciona nem parece deslocado na liderança de um grande sucesso de bilheteria. uma excelente Charlize Theron, como sempre.
Gringo tem uma história com uma dinâmica muito boa, rápida e raramente é confusa ou desafiadora e sempre mantém a ênfase mais na comédia do que no crime. Já existem comparações preguiçosas com Tarantino, mas isso não é nada parecido com seus filmes, e só posso presumir que pessoas que fazem comparações nunca viram um filme de Tarantino. Tarantino nunca fez uma comédia direta, que é o que Gringo é, e que é muito divertido nisso. Não vá com expectativas, mas tente assistir apenas para se divertir e não irá se arrepender.  

Sobre o Autor

Dandara Aryadne
Editora, Artista plástica, ilustradora. Criadora e web influencer do site Cinema ATM onde escrevo algumas coisinhas sobre os filmes que assisto.

Deixe seu comentário