ARTIGOS RECENTES

CRÍTICA: MULHERES ALTERADAS – O filme não surpreende, mas entrega a mensagem!

Não é de hoje que espero um filme do cinema nacional que mostre em boa qualidade o contar de uma historia mostrando de fato representatividade. Eu esperava isso do filme “Gostosas, Lindas e Sexies” de 2017, mas esse não me agradou. Baseado em uma famosa história em quadrinhos argentina, da autora Maitena, “Mulheres Alteradas” não fala sobre mulheres loucas, mas conta a história de mulheres que em algum momento da vida terão inúmeras questões para resolver em seu novo lugar no mundo, insatisfações, autoconhecimento e buscas.

O filme se concentra na historia de quatro mulheres que enfrentam problemas bem particulares. O casamento de Keka com Dudu está em crise. Marinati é uma workaholic que se apaixona por Christian. Leandra se sente insegura pelo fato de ainda não ter constituído família. Sônia está cansada da rotina doméstica e sonha com a época em que era solteira.

Você pode achar que deve se trata somente de mais um filme de comedia com artistas globais, mas o filme trata de assuntos muito validos para o feminismo. Mulheres Alteradas não é um filme que irá lhe causar uma comoção, você não irá sair do cinema querendo queimar sutiãs ou os homens que irão assistir não vão logo de cara mudar o comportamento. O filme não se arrisca tanto como o longa francês “Eu Não Sou Um Homem Fácil“. Mas a bandeira está erguida, mesmo que de maneira sutil na maior parte do filme. Em questão de comédia, o humor agridoce de Mulheres Alteradas não irá agradar a todos. A direção de Luis Pinheiro pareceu não querer elevar o roteiro a um grande risco. Mas as atrizes Monica Iozzi e Deborah Secco entregam um timing excelente para as cenas engraçadas. O filme em si não se leva a sério demais, filmado como se o expectador estivesse lendo quadrinhos, o longa tem seus altos e baixos; 

Em relação ao trabalho de câmera, há falhas, pode até parecer ter feito às pressas, mas a edição final não fica ruim. O roteiro no geral é bem fraco, por mais que as ideias sejam bem pontuadas, os diálogos são mal colocados e tudo se desenrola com bastante pressa, focando apenas nas histórias paralelas das personagens de Deborah Secco e Alessandra Negrini. O ponto mais positivo de Mulheres Alteradas está no comprometimento das atrizes com seus respectivos papeis, dando um show de talento e personalidade para suas personagens. 

Mulheres Alteradas consegue entreter no básico sem arriscar demais, colocando em pauta assuntos do cotidiano de muitas mulheres que já passaram ou vão passar por alguma das situações em algum momento da vida Muitas irão se identificar com algumas das quatro personagens em algum momento. Não é um filme totalmente comedia, mas é suave no drama e é eficaz em sua mensagens.

Sobre o Autor

Deixe seu comentário