ENOLA HOLMES : CRÍTICA

Enola Holmes e o encanto original netflix!

Enola Holmes é uma aventureira mais do que encantadora. Neste filme, finalmente temos uma visão do charme, simpatia e a presença inteligente de Millie Bobby Brown. Transformando este filme em uma construção atual, bem produzida e uma presença impossível de ignorar. 

Enola Holmes

Em Enola Holmes não há nada tão extraordinariamente especial. E é aqui que encontramos o seu charme. Filmes assim, geralmente, são os meus favoritos. Um conceito simples em que tudo se encaixa. Trilha sonora, figurino, cenário. Uma harmonia que faz crescer a linguagem moderna de cada personagem.

Conseguimos trabalhar temas como: feminismo e igualdade. O que forma um paralelo interessante entre a história original de Sherlock e Watson, que foca apenas em personagens masculinos, como Elementary, por exemplo, onde John é na verdade Joan Watson, interpretada por Lucy Liu

Enola Holmes

Aqui, Henry Cavill assume o papel de um Sherlock diferente do que estamos acostumados. Sherlock é assombrado por diversos demônios, não só pelos crimes, mas por sua natureza que o consome. Na aventura original Netflix, para Enola ele é apenas o incrível irmão mais velho, ainda visto pelos olhos de uma garota que não conhece a exata maldade do mundo. E o ator acerta bem o tom! É divertido assistir seus maneirismos joviais como o detetive que tanto amamos. 

Sam Caflin está completamente irreconhecível como Mycroft, sinistro e arrogante e não decepciona de forma alguma. A única coisa que atrapalha, por conta de histórias nesse formato, é que o final se torna fácil de prever. Entretanto ficamos intrigados pelas pistas que Enola encontra em seu caminho. A diversão é tanta, que o final previsível não incomoda de forma alguma! 

Enola Holmes

A quebra da 4ª parede é uma apresentação excelente, mesmo que algumas das partes não se encaixem. Perguntas ficam sem respostas, como o porquê do mistério da mãe, talvez algo mais elaborado como um motivo de tudo. Mas seguimos tão focados, nos divertindo, que esses pequenos “erros”, não importam. 

Há em Enola essa atitude carinhosa que realmente envia a mensagem certa. O filme em geral é cheio de bondade e esperança, levando para frente a história inesquecível dos irmãos Holmes. Uma adaptação nada cansativa, disso temos certeza. Um acerto da Netflix e um presente para essa quarentena! 


Sobre o Autor

Dandara Aryadne
Editora, Artista plástica, ilustradora. Criadora e web influencer do site Cinema ATM onde escrevo algumas coisinhas sobre os filmes que assisto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *