artigo

A ESFERA QUE ENCANTA OS CINEASTAS: A LOUCURA


Sou o tipo de pessoa fresca. Chora por tudo e sente basicamente as mesmas emoções que os personagens. Eu, e essa minha mania de me colocar no lugar deles mesmo sabendo que alguns podem não existir. A maioria das coisas são inspiradas em alguma coisa ou em alguém. Pra quem não sabe, os filmes são intensos como a infância de seus diretores. Temos um belo exemplo disso quando assistimos Taxi Driver (1976)

Martin Scorsese nasceu em Flushing e cresceu em um bairro difícil da Little Italy. Ele tinha uma vida difícil.  Assim como o personagem, ele vivia em meio a hostilidade e  outras palavras fortes ditas no filme. Há tantas criticas sobre… Achei o filme por acaso. Comprei o DVD. Assisti uma vez. Assisti duas vezes.Na terceira,  me apaixonei.

Ele enlouquece aos poucos e isso mexe comigo. Acredito que com todos nós, na verdade. Ele é bem determinado comrespeito aos seus planos , suas táticas…
Um engenheiro nato. A forma de lidar com quem está interessado também é assustadora.
Gente que não tem medo, faz o que quer, não na hora que quer, mas na hora que tem de ser feito.
O filme possui ênfase não só em seu texto, mas também em sua fotografia, que é uma das mais belas que já vi.

Usando Taxi Driver para expressar a forma de loucura que nos acostumamos dentro do cinema, montei uma pequena lista de filmes, com os médicos especializados em saúde mental, dentro do cinema.

1. O Sexto Sentido  – Dr.Malcolm Crowe
Resultado de imagem para O Sexto Sentido - Dr.Malcolm Crowe
Dr. Crowe é um psicólogo infantil. Ele é premiado por seu trabalho e logo após esse evento, ele começa a ter problemas no casamento. Além dos seus problemas com seu relacionamento, também enfrenta o problema de aceitação de si após ter fracassado com um paciente.

Isso faz com que Malcolm tenha dúvidas e conflitos, não só com seu novo paciente, que é menino de nova anos, mas consigo mesmo, com medo de fracassar novamente.

2. Jornada nas Estrelas: Generations  –  Deanna Troi.
Resultado de imagem para Jornada nas Estrelas: Generations - Deanna troi
Além de possuir problemas pessoais (isso inclui a mãe), Dr. Troi acaba “atraindo” problemas relacionados a seus poderes telepáticos após a descoberta do falecimento de uma irmã, descobrindo não ser filha única.



3. A Filha do General – Elisabeth Campbell.
Resultado de imagem para A Filha do General Elizabeth Campbell.
Um respeitado general que está sendo cotado para concorrer à presidência dos Estados Unidos da América, tem sua filha, uma capitã do exército, encontrada morta em uma base militar. Um investigador do exército é chamado para resolver o caso, e conta com a ajuda de uma advogada.

Seguimos com Daniel von Bargen, James Cromwell, Madeleine Stowe e John Travolta no elenco dirigido por Simon West.

4. Tomates Verdes Fritos – Terapeuta de grupo.
Imagen que ilustra la sección de recomendaciones cinematográficas para la inspiraión y meditación propuestas por Qualia, Psicología y Salud Emocional
Dirigido por Jon Avnet, a trama acompanha uma senhora não muito normal que aborda a outra na recepção de um hospital e começa a lhe contar uma história fascinante da família Threadgoode.

5. Tempo de despertar – Dr. Malcolm Sayer.
Resultado de imagem para TEMPO DE DESPERTARDr. Sayer é um neurologista que conseguiu emprego em um hospital psiquiátrico. Lá ele encontra vários pacientes que aparentemente estão catatônicos, mas Sayer sente que eles estão só “adormecidos” e que se forem medicados da maneira certa poderão ser despertados.

6. Gênio Indomável  –  Dr. Sean Maguire.

em-1997-robin-williams-ganhou-um-oscar-de-melhor-ator-coadjuvante-por-sua-atuacao-no-filme-genio-indomavel-1407800352411_800x482

Um jovem de 20 anos que já teve algumas passagens pela polícia e servente de uma universidade, revela-se um gênio em matemática e, por determinação legal, precisa fazer terapia, mas nada funciona, pois ele debocha de todos os analistas, até se identificar com um deles.

Comecei a lista pelo meu diretor favorito: M. Night Shyamalan, que além de O Sexto Sentido, também tratou de mexer com nossas mentes e emoções em A Vila de 2004.

Trabalhei com cuidado nessa lista, estudando sobre o que ia falar. Analisei cada cantinho dela antes de compartilhar com vocês e sim, essa lista é diferente. Não listei Batman Forever, The Silence of the Lambs, entre outros filmes de sucesso, pois gostaria de apresentar filmes que não mexem apenas com nosso lado mental, mas principalmente com o emocional, que é o propósito da matéria.

Possuímos algumas semelhanças de cada personagem apresentado. Possuímos inseguranças e as vezes o “ser bonzinho demais” ou o “agir mais com o coração e não com o cérebro” nos atrapalha. Temos tantas outras coisas em comum com os personagens malucos da sétima arte… Acho que é isso o que a faz tão importante e especial. O que a faz ser famosa, carismática, aconchegante, louca…  O que a faz ter e ser um pouquinho de cada um de nós.

Sobre o Autor

Susu Oliveira
Fotógrafa, videomaker e dou uma de crítico de cinema achando que to abafando. www.maxwelenoliveira.com.br

Deixe seu comentário


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *