MINHA LEAL KONG SHIM – DORAMA ATM:

MINHA LEAL KONG SHIM – BELA E A FERA: CRÍTICA

Apesar de serem irmãs, Kong Shim (Minah) e Kong Mi (Hyo Rim) são bem diferentes. Kong Mi ficou com todos os bons genes, enquanto a outra apenas herdou um bom coração. Ahn Dan Tae (Goong Min) é um advogado de direitos humanos, enquanto Seok Joon Soo (Joo Wan) vem de famílias ricas. Quando as suas vidas se cruzam, surgem competições, amor e inveja. Poderão encontrar a felicidade que procuram?

A BELA E A FERA MINHA LEAL KONG SHIM DORAMA ATM
“Não julgue o livro pela capa” ou “nada é o que parece”. Você com certeza já ouviu isso alguma vez na vida e bom… Com respeito a esse kdrama, esses pequenos ditados se tornam muito grandes.

Através do roteiro de Lee Hee Myung, podemos ver todo o trabalho de organização para nós apresentar os quatro personagens principais, onde assim, podemos conhecer a ocupação de cada um. Com isso, mesmo nos primeiros episódios, sabemos a plot do drama, porém com a direção de Baek Soo Chan ficamos surpresos ao já tão esperado. Sabemos o ocorrido, porém com evidencias colocadas em momentos diferentes da mesma cena em episódios diferentes, passamos a ter outra visão do crime. Isso dá com o papel da memória construtiva injetada na produção da história.

Todas as surpresas que temos ao longo dos episódios de são trabalhadas de uma forma muito cuidadosa. Nos momentos românticos, eles usam a trilha sonora cômica para quebrar o gelo e nos surpreender. Isso se dá ao fato do bom trabalho dos atores e é claro, de toda a trilha sonora composta para o drama.

A BELA E A FERA MINHA LEAL KONG SHIM DORAMA ATM

A construção dos personagens é clara a todo o momento, menos para quem realmente tem que ser, porque afinal o dorama precisa acontecer, mas apesar de nós conhecermos a história deles, é sempre uma surpresa para nós junto com quem está se descobrindo. Ao longo do drama, podemos entender que o seu nome se dá por conta de uma metáfora, onde foi colocada muito bem entre dois dos quatro personagens principais. Vemos quem realmente é o vilão de parte da história e isso como já esperado é uma coisa que você percebe com o tempo.

A BELA E A FERA MINHA LEAL KONG SHIM DORAMA ATM

Em meio a todo o caos, temos dois alívios para o kdrama. O primeiro é um romance e o segundo é a vida familiar da Kong shim que na realidade parece uma novela mexicana. Seus pais como casal são perfeitos, mas como pais, depois de um tempo, eles mesmos aprendem a lidar com isso e agir de uma maneira justa com respeito as suas duas filhas. Isso faz com que de certa forma eles se aproximem da Kong Shim, tentando fazer ela se sentir confortável e recebendo o devido mérito que ela merece.
A BELA E A FERA MINHA LEAL KONG SHIM DORAMA ATM
Apesar do papel do sua irmã ser praticamente superficial de inicio nos fazendo apenas criar um asco por ela, vemos que a sua presença por mais incomoda que seja é importante para certos acontecimentos na história.

Vemos que se não fosse pelo seu mau caráter algumas coisas grandes na vida da Kong Shim não teriam acontecido e que de certa forma, Kong Mi (Unnie [Irmã mais velha de Kong Shim]) foi importante sim e por conseqüência disso, vemos a personalidade da Kong Shim crescer a cada “ataque” de quem ela menos esperava, mesmo sendo uma coisa sutil e que ela não percebe, mas nós que estamos de fora da situação, pudemos ver com clareza.

“Independente do quão doce, feliz ou triste elas estejam, sempre são fortes”.

A BELA E A FERA MINHA LEAL KONG SHIM DORAMA ATM

Ahn Dan Tae foi criado para causar polemica. É um homem, advogado com sua pequena empresa, engraçado para ele mesmo com gostos peculiares (ELE GOSTA DE COMER COMIDA DO CHÃO).

❤   OUÇA A PLAYLIST DAS MÚSICAS DO DORAMA AQUI  ❤

Conforme o tempo vai passando, podemos perceber o quanto Dan Tae é um homem sensível e que pensa nos outros. Sua história de vida foi passada para nós com uma certa pressa, porém não revelando os motivos do ocorrido, fazendo com que sua história no final do drama ficasse mais intensa e ativa o possível. Com sua inteligência ele sabe entrar e sair. Sabe lidar com seus problemas, porém no meio de tanta adrenalina causada por sua investigação, temos o alivio cômico entre Dan Tae e Kong Shim, o que deixou o dorama muito interessante.

A relação entre eles dois foi um detalhe na história que eu gostei muito! Há preocupação de ambas as partes. Sua amizade é tão forte ao ponto de querer proteger um ao outro do pior que está por vir, ocultando completamente a dura realidade do drama. Também há o amor entre eles dois quando um deixa o outro livre para dar seguimento ao seu sonho, pensando futuramente no bem estar de quem está junto.

A BELA E A FERA MINHA LEAL KONG SHIM DORAMA ATM

Também há uma certa tensão por parte da amizade de dois amigos. Onde podemos ver também o quanto essa rivalidade inesperada foi importante para a história acabar da forma que acabou, dando continuidade assim para eventos grandes na vida dos personagens principais.

Os personagens coadjuvantes foram muito bem construídos. Todos com seus problemas pessoais, mas que colaboram para o andamento da história. Todos os personagens foram colocados ali por algum motivo importante. Até mesmo os pequenos personagens que aparecem apenas uma única vez são essenciais para algo importante acontecer dentro do que eles estavam tratando em cada cena.

Como já citado, o trabalho de direção está incrível. Todo trabalho cinematográfico é em equipe, tratado com a colaboração de todos que estão envolvidos. Devemos parabenizar o editor desse dorama que desde o primeiro episódio mostrou que é capaz de criar algo agradável aos olhos. De uma forma cômica e aegyo ao mesmo tempo, nos tirando risadas onde menos esperávamos.

Esse trabalho de edição vai desde juntar todos os frames ao trabalho de cor, efeitos especiais e trilha sonora.
Toda equipe está, sem duvida alguma, de parabéns!

Cada pequeno detalhe do drama foi concebido com a devida atenção. Superando as minhas expectativas de um simples drama entre quatro conhecidos que se tornam amigos. O melhor kdrama que eu assisti até agora!

LEIA TAMBÉM:

DORAMAS: POR QUE DEVEMOS DAR UMA CHANCE AO GÊNERO?

AS DIVERSAS FACES DE ITO – DORAMA ATM

DORAMAS: DEVEMOS DAR UMA CHANCE?

SIM! Estou aqui para te converter a assistir doramas, migo.

Quando eu digo que amo assistir doramas e filmes coreanos/japoneses/chineses/tailandeses, as pessoas automaticamente me julgam. Elas sempre esperam algo extremamente extraordinário, digno de sangues e golpes não humanos de serem feitos. Porém, elas esquecem que eles não são Tarantino.

Outra coisa que as pessoas também esquecem e algumas talvez não saibam é que eles são tão amorosos e confiantes como qualquer outra pessoa. Eles são ótimos em criar histórias de todos os tipos… Romance, ação, drama, comédia, suspense… Ahh os suspenses são tão bons quanto uma gargalhada dada junto com a pessoa que você é apaixonada.  Eles dão devida atenção a trama principal, mas também trabalham muito bem as outras sub-tramas de uma forma tão marcante quanto, sem perder a linha da ideia original. 

Logo após escolherem com todo carinho o que irão falar na história, começa o show. Seu leque de dom artístico se abre. Isso acontece para fazer você se sentir incrível a cada cena. As atuações são maravilhosas (tudo bem que algumas não são tão boas assim, mas isso é uma exceção).

doramas artigo dorama coreano
A Million Yen Woman

O trabalho de produção é sempre limpo. Por mais que tenha uma estética escura, conseguimos sentir uma certa leveza a cada cena apresentada a nós que estamos assistindo trabalho final. Logo após, também temos o trabalho de pós produção, que é a minha parte e motivo favoritos.

Um bom exemplo de pós produção feita com muito cuidado é o dorama WOK DO AMOR (WOK OF LOVE). Neste drama, temos um triângulo amoroso e no meio disso tudo, temos o show da culinária, que depois de um tempo, você passa a notar o quão isso é importante para dar um tipo de UP! na história. O ponto principal ali é vingança entre os dois chefs, depois temos o romance, o que apesar de te deixar eufórico, te deixa calmo. 

doramas artigo dorama coreano
Wok Do Amor

Logo em seguida temos as cenas quentes e suaves dos pratos na cozinha. Mas isso também precisa seguir uma certa regra. Da mesma forma que eles são calmos na hora de lidar com o amor, notamos que isso é também uma regra inconsciente na hora de passar por outros elementos de alivio e euforia num dorama. O que no caso do Wok do Amor, é a culinária.

Primeiro vemos os ingredientes sendo escolhidos, depois vemos os mesmo ingredientes sendo preparados. Eles são preparados com todo o cuidado e atenção, em movimentos extremamente desenhados (assim como cada passo bem pensado com relação ao romance). Logo em seguida vemos o cuidadoso e atencioso trabalho de pós produção para deixar a fotografia mais interessante (assim como um encontro marcado entre o casal). Transições fáceis de serem aplicadas, porém, com a bela fotografia da culinária, deixa o trabalho final bem mais interessante.

Assim, temos o dorama, que é a obra de arte que nós assistimos. 

Outro ponto forte dos doramas é a trilha sonora, que é trabalhada de uma forma sutil para passar o que eles querem que você sinta. As vezes a cena em si não tem tanta graça assim, mas você se pega gargalhando pelo simples fato de um som na cena ter feito uma cosquinha em você.

Resultado de imagem para Wok do Amor jajamyhon

As atuações são simples à maneira deles. As atrizes são fortes quando precisam ser fortes e frágeis quando precisam também. A maioria das personagens femininas são sempre doces e fortes. Frágeis, mas fortes (só estão cansadas). E assim  segue. Independente do quão doce, feliz ou triste elas estejam, sempre são fortes. São em porcentagens, mas o bom disso é que aprendemos com elas a achar mais motivos pessoais para deixar a nossa armadura interna mais potente. É como se fosse realmente na vida real. São pequenos conflitos que nos fazem crescer.

Nós não tropeçamos em pedras grandes porque podemos ver e desviar. Tropeçamos nas pedras pequenas. Essas são sutis porque não podemos ver. Não ficamos atentos as pedrinhas porque nos desesperamos com as rochas, e com isso esquecemos de lidar com as pedrinhas que estão em maior quantidade. Uii filosofei 

doramas artigo dorama coreano
Quarta-Feira 3:30 da tarde

Você provavelmente já ouviu alguém dizer “nível asiático” e isso com respeito às produções cinematográficas se aplica muito bem. Eles estão prontos para fazer um trabalho excelente dando o melhor de si em tudo ou quase tudo. Isso porque se algumas vezes a atuação deixa a desejar, eles capricham na produção.

Um bom exemplo disso é o ator e cantor Jun Ho, do grupo 2pm. O primeiro trabalho que eu assisti dele foi justamente o Wok Of Love, já mencionado à cima. WFL é excelente pela fotografia culinária, pós produção e história. Através dele assisti outros que tem Lee na produção.

doramas artigo dorama coreano
Goblin

Com isso percebi que ele é um bom ator, porém, sua atuação nas outras produções são a mesma coisa (Apenas Entre Apaixonados e Chefe Kim). Não é interessante. Por mais que os personagens sejam diferentes, você vê uma semelhança preguiçosa entre eles, porém a produção do dorama como um todo é boa.

Assim como as grandes produções de Hollywood, vemos erros. É comum errar. Somos imperfeitos, porém cabe a nós tentar cumprir com nossos deveres com o máximo de excelência que conseguirmos, e os asiáticos fazem isso muito bem com seus dramas.

doramas artigo dorama coreano
Chefe Kim

Abaixo você pode conferir em vídeo essas dicas rápidas de Doramas para começar. Nesse vídeo, você será guiado a assistir alguns dos melhores doramas separados com amor, carinho e muita emoção.

Por isso, porque não dar uma chance as suas produções? Vemos qualidades e pequenos erros, mas por trás desses pequenos, percebemos o amor e o cuidado ao produzir algo capaz de nos fazer sentir emoções que talvez não tínhamos sentido a muito tempo.

LEIA TAMBÉM >>>

ANIMAIS FANTÁSTICOS OS CRIMES DE GRINDELWALD – CRÍTICA

AS DIVERSAS FACES DE ITO – DORAMA ATM