MEGARRROMÂNTICO – #originalnetflix – CRÍTICA:

MEGARrrOMÂNTICO – O novo da Netflix que acerta no ponto!

A Netflix tem investido cada vez mais em conteúdos próprios. Ou em financiar conteúdos que estejam ocorrendo. O que na maioria das vezes nos entrega super produções de tirar o folego – em outras nem tanto (oi Shadowhunters, tudo bom?). Desde o ano passado com o lançamento de O Plano Imperfeito, a rede de streaming tem acertado a mão no nicho das romcom e com Megarrromântico não foi diferente.

Megarrromântico crítica netflix

O plot é aquele batido de sempre. A mocinha que era infeliz bate a cabeça em um assalto e acorda em um mundo mágico de filmes de comédia romântica. Nada que a gente já não tenha visto por aí em outros modelos e formatos. Eu pessoalmente não tenho nada contra clichês, muito pelo contrário! Para mim, tornando um clichê interessante, que mal tem? E foi isso que aconteceu com o filme protagonizado por Rebel Wilson e Adam Devine.

À princípio, admito que fui reticente com relação ao filme. Principalmente por conta das críticas que tenho a antigos trabalhos da Rebel Wilson. Mas fiquei feliz em constatar que ela está super bem no papel. Acho que é a primeira vez que não a vejo no papel de gorda que faz piada com o fato de ser gorda, e isso foi bom. O roteiro de Megarrromântico em si foi bem construído e não caiu nessa de que ela precisava se ver de outra maneira com relação ao seu corpo para poder ser feliz. O que pra mim já foi um ponto positivo bem grande.

Megarrromântico crítica netflix

Outro ponto legal de foi a maneira como Liam Hemsworth foi enquadrado. Ele não é o galã par romântico do filme. Apesar dessa ser a impressão que o trailer nos passa. E seu papel ali é apenas de um fio condutor na ação. Seguindo a linha de redescoberta, vemos a protagonista numa trilha de autoconhecimento embalada por músicas dos anos 90/2000. Cenas muito bem organizadas e com um visual encantador, e que te faz rir de toda a sequência de comédias românticas que você já assistiu na vida.

Como todo filme de comédia romântica, o amor é o protagonista principal que gere o filme como um todo. E o amor próprio é o centro de toda a ação. Não é mais um filme no qual a protagonista é salva pelo amor de um cara. E isso pra mim já valeu muito. Gostaria de ter assistido algo assim na adolescência, e fico feliz que finalmente essa temática esteja entrando na maioria dos filmes que assisti recentemente. Sigo torcendo para que jovens encontrem mais segurança em si mesmos depois de assistir a trabalhos assim.

Megarrromântico crítica netflix

Com um roteiro que me lembra um cadinho Crazy Ex Girfriend e assinado por um time de mulheres Erin Cardillo, Dana Fox e Katie Silberman. O filme foi dirigido por Todd Strauss-Schulson (The Final Girl). Megarrromântico é uma comédia Netflix e que termina fazendo nosso coração ficar quentinho!

MILLION YEN WOMEN – DORAMA ATM:

Talvez você pense que Million Yen Women se trata de um jovem escritor. Mas na verdade, quando a história começa ficamos de queixo caído. A ideia do roteiro é boa e precisou de uma equipe de fé que mantivesse o segredo do mesmo modo dos personagens. Que roteiro inteligente, meus amigos! Que história!

Million Yen Women crítica dorama original netflix jdrama
Apesar de conhecermos pouco as personagens, nós sabíamos bem com quem estamos lidando quando se tratava do dono da casa. Porém, existe uma falta que profundidade de alguns personagens no começo, mas isso é essencial para o decorrer da história. Mulheres completamente diferentes umas das outras. Mulheres onde sua história de vida foi explorada no momento certo, ajudando para o rumo da drama em si. E apesar da falta de intimidade com as personagens, a surpresa no final faz valer a pena todo o suspense. Mas infelizmente ainda temos contato com personagens não tão interessantes assim.

Million Yen Women crítica dorama original netflix jdrama
Pra começar, a tensão toda do drama fica por conta de Shin Michima e Yuzu Hanaki. O que é um tanto cansativo pois não há nada de interessante nessa tensão toda que eles colocam no relacionamento entre eles dois. É apenas uma briguinha de dois jovens adultos que possuem uma rivalidade entre si.

A alta compatibilidade com a direção de Michihito Fujii deixou o drama interessante. Não adianta você ter uma boa história para contar que seja pela metade. Também não adianta você produzir um trabalho visualmente muito bonito e adequado para o desejado, se o seu conteúdo for mal organizado.  É como um trabalho de escola em equipe. Você só tira a nota máxima se o trabalho como um todo estiver em harmonia.

Million Yen Women crítica dorama original netflix jdrama
Sua fotografia escura e quente não deixa a desejar, mas também não é nada que vá fazer muita diferença no seu dia, ao contrário de outros doramas que estamos acostumados a assistir. Com respeito a produção, está tudo muito bom. Cenário, figurino e trilha sonora. São cenários onde você consegue ver onde você está. Você não fica perdido mesmo quando é uma situação mais escura. E é justamente onde eu gostaria de chegar!

As cores do drama foram bem trabalhadas de uma forma bem suave, com temperaturas diferentes, o que é uma coisa boa e bonita de se ver. Normalmente, quando você assiste aos dramas, você pode perceber que quase não há variação de temperatura (Wok do Amor, Apenas Entre Apaixonados), mas em Million Yen Women você tem essa variação de uma forma que não agride os olhos. São cores agradáveis, com temperaturas confortáveis.

Million Yen Women crítica dorama original netflix jdrama

Pontos positivos em um J-Drama onde você pode arrancar os cabelos por querer chegar logo ao final. Million Yen Women possuí uma plot muito boa e devemos agradecer a Netflix por uma produção tão dessa, pois assim como seus outros doramas, não deixou a desejar.