artigo

TOP10 ATM: AS DEZ MELHORES ADAPTAÇÕES DE LIVROS PARA O CINEMA

Adaptar um livro para o cinema definitivamente não é fácil. O diretor tem que lidar com diversos desafios para transpor a mesma essência da obra original e talvez arriscar em outros quesitos. Sem contar nas imposições dos estúdios e a pressão dos fãs que adoram o trabalho original e são exigentes com sua obra favorita. Fiz esta lista com base nos filmes em que eu já assisti, ou seja, muitas adaptações ficaram de fora e por mais difícil que seja elas estão em ordem de importância, mas CALMA, todos os filmes são ótimos e esta é somente a minha lista, convido a vocês colocarem suas listas nos comentários. Vamos lá!

10- American Psycho (2000)

Esse filme se passa em 1987 e conta o dia-a-dia do bem sucedido Patrick Batemann em um meio corporativo competitivo e onde as aparências é tudo que importa. Sua rotina é muito entediante e ele começa a ter uma segunda vida como um assassino em série. O livro é escrito pelo Bret Easton Ellis e foi lançado em 1991 gerando bastante comoção antes mesmo de ser publicado quando o New York Times publicou trechos do livro. Igrejas e entidades contra violência protestaram contra os jornais na época e a editora Simon & Schuster rompeu o contrato que já tinha pago 300 mil dólares de adiantamento. O filme é muito eficiente em fazer a crítica ao consumismo desenfreado e a que ponto você consegue chegar para ser bem sucedido na sua vida. O filme é dirigido pela Mary Harron e tem um elenco excelente com o Christian Bale, Jared Leto, Reese Witherspoon, Willem Dafoe entre outros.

9- Bravura Indômita (2010)

Após a morte de seu pai, Mattie Ross (Hailee Steinfeld) decide se vingar e contrata um bêbado chamado Rooster Cogburn (Jeff Bridges) para dar continuidade nessa vingança. Rosster é um homem da lei e acaba se juntando ao LaBoeuf (Matt Damon) para ir atrás do assassino chamado Chaney (Josh Brolin) e assim o filme se desenrola. A premissa é absurdamente simples, mas nada consegue ficar simples nas mãos dos irmãos Coen (Ethan e Joel Coen) e eles entregam aqui mais um trabalho excelente. Os personagens são perfeitamente desenvolvidos e garantiu o prêmio de melhor jovem ator ou atriz para a Hailee Steinfeld. A fotografia tem a assinatura do Roger Deakins que ganhou o BAFTA de melhor fotografia, a trilha sonora é muito boa e ainda tem o toque humorístico que só esses irmãos conseguem dar. O livro foi publicado em 1968 e foi escrito pelo Charles Portis.

8- Onde Os Fracos Não Tem Vez (2007)

O filme conta a história de veterano do Vietnã chamado Llewelyn Moss (Josh Brolin) que encontra uma maleta repleta de dinheiro em meio a uma negociação de drogas que foi malsucedida. Um assassino de aluguel chamado Anton Chigurh (Javier Bardem) é contratado para recuperar a grana e em paralelo a isso tudo o xerife Ed Tom Bell (Tommy Lee Jones) tenta prender novamente o Anton. Mais uma vez um filme dos irmãos Coen que parece ter uma trama simples e acaba sendo o oposto disso. O roteiro é repleto de subcamadas e tem um dos melhores vilões do cinema e novamente a fotografia foi feita pelo Roger Deakins. O filme foi indicado à 8 categorias do Oscar e acabou levando somente 4 delas que inclui melhor filme, melhor direção, melhor ator coadjuvante e melhor roteiro adaptado. O livro foi lançado em 2005 e é escrito pelo Cormac McCarthy.

7- Blade Runner (1982)

Rick Deckard (Harrison Ford) é um ex-policial que recebe a missão de rastrear e aposentar 4 seres de bioengenharia conhecidos como replicantes. É informado a ele que esses replicantes vieram a terra e estão tentando prolongar sua vida que tem a duração original de 4 anos, todos eles foram criados pela Corporação Tyrell. Depois de uma rebelião os replicantes foram banidos da terra para colônias extraterrenas da Terra. O filme passa em um futuro distópico e adota um estilo neo-noir, dirigido por Ridley Scott o filme não foi muito bem recebido no ano de seu lançamento e recentemente recebeu uma sequência dirigida pelo Denis Villeneuve e também não foi tão bem de bilheterias, mas pelo menos rendeu ao Roger Deakins o primeiro Oscar da carreira dele. O filme original também contava com a fotografia do Deakins e tinha um elenco muito bom. Nomes como Harrison Ford e Rutger Hauer fizeram história nesse filme. O livro foi escrito pelo Philip K. Dick e foi publicado em 1968 com o nome ‘Androides Sonham com Ovelhas Elétricas?’.

6- O Silêncio dos Inocentes (1991)

Clarice Starling (Jodie Joster) é uma estudante da academia do FBI e recebe a missão de entrevistar o Dr. Hannibal Lecter (Anthony Hopkins), psiquiatra e um dos maiores psicopatas que cumpre prisão perpétua por seus crimes. Seu chefe Jack Crawford (Scott Glenn) acredita que Clarice pode ser uma boa isca para fazer o Hannibal a desvendar uma sequência de assassinatos que eles estão investigando. O filme é dirigido pelo Jonathan Demme e ganhou o oscar de melhor filme, melhor diretor, melhor ator, melhor atriz e melhor roteiro adaptado. O livro foi publicado em 1988 e foi escrito pelo Thomas Harris.

5- Clube da Luta (1999)

Um homem que sofre de depressão e insônia trabalha numa companhia de seguros. Em uma viajem à trabalho, ele conhece Tyler Durden (Brad Pitt) um cara que faz sabonetes para vender e é basicamente tudo que o homem queria ser. Depois de chegar na sua cidade o apartamento dele explode e ele pede para dormir alguns dias na casa do Durden e daí eu acredito que vocês já saibam a história. Acho que nem precisava dar a sinopse desse filme por conta de sua popularidade, ele é um símbolo de anarquia, críticas afiadas ao consumismo e tem um toque completamente niilista. O filme foi dirigido pelo talentosíssimo David Fincher e tem uma das adaptações mais fiéis que eu já vi. O livro foi escrito pelo Chuck Palahniuk e foi publicado em 1996, Fight Club recebeu uma sequência em quadrinhos que foi recebida de maneira negativa pelos fãs. Eu adorei a sequência e não acho que ela deveria sofrer tanto hate assim.

4- O Iluminado (1980)

Jack Torrance (Jack Nicholson) aceita trabalhar como o caseiro do Hotel Overlook e leva sua mulher Wendy (Shelley Duvall) e seu filho Danny (Danny Lloyd) para passar um período junto com ele. O hotel é isolado por conta de uma nevasca e é o local perfeito para Jack remover o seu bloqueio criativo. Outro filme que eu acho que não precisava de sinopse por conta do seu apelo com o público. O filme de Stanley Kubrick muda algumas coisas do livro original escrito pelo Stephen King, mas até hoje ele é ovacionado por mesclar um roteiro, atuação e fotografia de uma forma única que só o Kubrick poderia fazer.

Agora daqui pra frente eu irei falar somente sobre o filme e não vou dar sinopses, acredito que esses em específico não necessitem disso (assim como alguns dos filmes listados).

3- Drácula de Bram Stoker (1992)

O Drácula já teve dezenas de adaptações para todas as mídias possíveis e se tratando de filme esse aqui é o que mais chega próximo do romance original. Ele consegue passar toda a atmosfera do livro e com experimentações bem interessantes, não esperava menos tendo em mente que esse filme é dirigido pelo Francis Ford Coppola. A atuação do Gary Oldman, da Winona Ryder e do Anthony Hopkins são absurdas e outro trunfo do filme é o figurino. O figurino desse filme é lindo e levou pra casa a estatueta de melhor figurino junto com o Oscar de melhor maquiagem/penteado e melhor edição de som.O livro originalmente foi publicado em 1897 e é um clássico da literatura.

2- Um Estranho No Ninho (1976)

Você procura um filme perfeito? Então assista Um Estranho no Ninho. Além de ser tocante e fazer uma crítica pesada no tratamento de deficientes mentais ele entrega uma adaptação perfeita. A direção do Miloš Forman é simplesmente genial e o cast desse filme é perfeito. Mais uma vez Jack Nicholson entrega um papel digno de levar a estatueta de melhor ator pra casa, junto com outras 4 estatuetas que incluem melhor filme e melhor direção. O autor do livro é o Ken Kesey e o livro foi publicado no ano de 1962.

1- O Poderoso Chefão (1972)

O que eu posso dizer sobre esse filme? Novamente é um gênero que é bastante difundido nos cinemas, a quantidade de filmes de máfia é bem grande, mas tudo mudou com a chegada de Godfather. Ele é até hoje parâmetro de comparação neste gênero mesmo não tendo muitos filmes hoje em dia. Ele mostra como se faz uma adaptação com tudo perfeitamente alinhado para se tornar um clássico do cinema e ser considerado a melhor trilogia do cinema. Novamente o Francis Ford Coppola sabia o que estava fazendo quando adaptou o livro do Mario Puzo e não tem outra adaptação melhor que essa, na minha opinião.

Bom, essa foi minha lista e espero que vocês tenham gostado dela. Foi bem complicado de fazê-la e muitos filmes ficaram de fora como o recente Aniquilação que é uma produção original Netflix. Deixei de fora também adaptações de quadrinhos pois foquei somente em livros em geral. Se vocês não assistiram nenhum desses filmes indico fortemente a ver TODOS, cada um tem sua peculiaridade e vale muito a pena aprender mais com eles.

Sobre o Autor

João Pedro Mendes
Escrevendo sobre tudo aquilo que o mundo precisa - ou não - saber.

Deixe seu comentário